www.stone-ideas.com

Arte: Equilíbrios frágeis

Empilhamento de pedras de Shane Hart.(Novembro 2009) O espectador não nota na maioria das vezes. Em seus empilhamentos de pedras, Shane Hart ocupa-se com a grande física, mais exatamente com a força da gravidade, que garante que da árvore uma maçã caia no chão e não suba na direção das nuvens, por exemplo.

Shane Hart engana essa misteriosa força de atração da massa terrestre e põe os blocos individuais a repousarem uns sobre os outros, apesar de eles apenas se encostarem em um arranjo bamboleante. „Upala Yoga“ é como ele chama seu trabalho, que traduzido do sânscrito resulta em ioga das pedras.

Marcas registradas da sua arte são a improvisação e a temporalidade dos equilíbrios de forças. Quando o balanço do equilíbrio sai dos padrões e a torrezinha rui em meio à construção…

…então Shane Hart apenas ri, do fundo de sua alma, e recomeça o empilhamento desde o início. E se até o final de um dia a brisa não derrubar sua obra de arte, então o próprio artista ajuda nesse serviço.

Durante a semana Hart é gerente no ramo de produtos ecológicos e pai de três crianças. Ele vive em Bellingham, uma localidade no estado de Washington nos EUA, na costa do Pacífico. Sábados ele medita na praia, quer dizer, prepara-se para o empilhamento de pedras. Ultimamente vem aumentando a frequência dos convites que ele recebe para performances em locais públicos.

Quando os espectadores retornam para suas casas após a exibição, costumam despedir-se com comentários inesperados, como a impossibilidade de realmente se reter algo. Ou, como dizem também os filósofos, que tudo flui. Ou ainda, que são necessárias horas para se construir qualquer coisa, mas que para destruí-las basta um piscar de olhos.

Shane Hart

Fotos: Paul Gregory Newman