www.stone-ideas.com

Design: todos os tamanhos são possíveis

„Dew“, mármol Bianco Carrara.(Dezembro 2009) Finalmente aparece no mercado uma idéia de produto na qual revestimentos de pedra natural se diferenciam da concorrência com a cerâmica por algo mais que apenas seu material. Na Feira Cersaie, em fins de setembro em Bologna, a ainda jovem empresa italiana Q-BO Project apresentou a sua possibilidade de oferecer revestimentos de pedra em tamanhos individualizados. E mais: a padronagem a ser aplicada nas dimensões desejadas pode tanto ser aumentada quanto diminuída, segundo o gosto do cliente.

Uma tal flexibilidade a indústria de cerâmica, com sua produção maquinal, não deve alcançar tão cedo. Na Q-BO, por outro lado, a parte mais intensiva da produção é o trabalho manual. O nome da empresa, aliás, se pronuncia „Cubo“, e provém de cúbico.

Também o processo de produção da firma é novo. Os padrões na superfície do revestimento são feitos com jateamento de areia e não como o processo comum, através de fresadeiras ou por corrosão, o que reduz os custos e também significa menor agressão ao meio ambiente. O método foi desenvolvido pela própria empresa. „Nós queríamos produtos realmente ecológicos, nos quais também o processo produtivo fosse mais adequado ao meio ambiente“, afirma Fausto Costi, um dos quatro fundadores da empresa.

Os materiais são mármore Bianco Carrara, calcário Crema Luna e ardósia Ligure. „Utilizamos apenas produtos de primeira categoria“, sublinha o empresário. São utilizados produtos para pisos e paredes, pois suas superfícies são escovadas, de modo que as extremidades das padronagens sejam arredondadas e assim não desgastem.

O design é de Michaela Costi, também fundadora. Em parte a orientação é dada por padronagens da natureza, por exemplo nas séries „Dew“ („Orvalho“) e „Floreale“. Mais na tendência está a série „Wave“ („Onda“): nela as linhas sulcadas receberam pó de strass, de modo que o revestimento exibe um brilho estilizado.

Fausto Costi enfatiza que a empresa também pode produzir desenhos desenvolvidos pelos clientes. A única limitação é a dimensão máxima de 120 cm x 60 cm. Além dos tamanhos padrões de 50 cm x 50 cm e 50 cm x 25 cm, todas variações em altura e largura são possíveis.

Desde junho de 2009 a Q-BO está no mercado. Ela se originou da empresa Eurosab S.r.l., que há muito tempo trabalhava cerâmica e vidro com jateamento de areia. O nome contém ainda a palavra Project, indicando que a empresa se especializou em novas idéias. „Não queremos vender nenhum produto de gaveta, mas procurar desenvolvimentos nos quais muita pesquisa e paixão estejam envolvidos“, resume Fausto Costi.

Q-BO Project

Fotos: Q-BO Project

A indústria de cerâmica produz atualmente revestimentos cada vez mais finos, mesmo em formatos grandes, como mostrou a Feira Cersaie. Como exemplo, lembramos o Stonetech Slim/4 da empresa Floor Gres que com apenas 4mm de espessura tem dimensão superior a 1m². Em seu processo produtivo, essas cerâmicas necessitam de muito menos energia e ao final de sua vida útil resultam em menos lixo. Elas são mais leves para transportar e colocar nas paredes. Isso é possível porque junto à massa cerâmica é fundido material sintético.

Também a indústria de cimento apresenta placas cada vez maiores, especialmente atraentes para a composição de praças urbanas.