www.stone-ideas.com

Arquitetura: „Pedreira na fachada“

(Março 2010) Algumas fachadas têm algo mágico: os eventuais passantes primeiro deixam-se reter por um momento e depois contornam o prédio inteiro, até que por fim se encorajam e perguntam ao porteiro se seria possível observar também o interior.

Assim acontece com a nova sede do grande escritório Horten de advocacia na capital dinamarquesa, Copenhague. Ali o escritório de arquitetura 3XN desenvolveu em duas faces laterais do prédio estonteantes saliências escalonadas de cima a baixo sobre a fachada.

Em pelo menos duas direções, esse arranjo incomum não é apenas decoração, mas desempenha uma função: as saliências na verdade funcionam como bay windows, ou janelas salientes, que se projetam para o norte de modo a aproveitarem melhor a luz solar. Adicionalmente, oferecem uma vista privilegiada sobre as águas da antiga zona portuária.

Do lado sul, ao contrário, elas encontram-se de costas para o sol, evitando com isso um superaquecimento da sala durante o verão.

„A fachada está aberta para o norte e fechada para o sul”, esclarece Lise Roland Johansen, do escritório de arquitetura, „o objetivo era também evitar elementos para proteção solar”.

O leitor atento intui: o objetivo era a construção energeticamente auto-sustentável. Para isso os arquitetos conceberam na fachada um recurso inovador: o isolamento térmico consiste em um sanduíche de fibra de vidro com espuma espessa e sobre isso mármore Travertino com 3,5 cm de espessura.

Voltando ao passante hipotético, que observou as salas internas, dispostas assimetricamente, e posteriormente do lado de fora contempla os vários ângulos e reentrâncias da fachada. „Mármore Travertino é uma pedra que expressa peso e monumentalidade e assim se constitui num material clássico para empresas de advocacia. Por isso foi um desafio utilizá-lo em uma proposta diferente: nossa fachada se parece mais com uma pedreira e a textura do Travertino enfatiza isso”, explica Lise Johansen.

Uma piada interna encobre o nome desse escritório: originalmente os fundadores foram três arquitetos de sobrenome Nielsen; como apenas um deles permaneceu no negócio, foi escolhido o acrônimo 3XN como nova designação, „referindo-se ao passado mas ao mesmo tempo sinalizando novos tempos”, revela Lise.

As pedras foram fornecidas pela empresa italiana Focus Marble International. A construção foi realizada pela empresa dinamarquesa E. Pihl & Søn.

3XN

Focus Marble International

E. Pihl & Søn

Fotos: Adam Mørk