www.stone-ideas.com

Design: Uma revolução nas possibilidades com rochas

Update: Videos

(Outubro 2010) Um importante avanço foi registrado na Marmomacc deste ano (29 de setembro a 2 de outubro) em Verona: paredes redilhadas em mármore, que abrem possibilidades anteriormente inimaginadas para a arquitetura de interiores. A particularidade mais importante no entanto não está apenas no design, mas na ainda mais revolucionária qualidade do encaixe de cada peça que forma o entrelaçamento: isso permite pela primeira vez a esse tipo de elemento construtivo ser estável em si. O produto foi apresentado na seção Marmomacc Meets Design, organizada pela quarta vez naquela feira de Verona, dessa vez sob o slogan: „Irregular – Extraordinário“.

„Lace“ („Renda“) foi o nome com que a designer Patricia Urquiola batizou sua criação. A obra foi produzida pela empresa italiana Budri, conhecida por composições inovadoras em rochas, que exploram as fronteiras das possibilidades técnicas na área.

Budri

Patricia Urquiola

Totalmente diferente foi „La Casa di Marmo“, apresentada pela empresa Marsotto. Trata-se de uma casa modesta, totalmente revestida com telhas de rocha de 1 cm de espessura. Ela imita casas de verão escandinavas, muito comuns no litoral nórdico. Não é surpresa, afinal o projeto é assinado pelo designer sueco Thomas Sandell.

Vista de perto, essa criação era no entanto bastante digna de atenção. Por um lado, o clássico revestimento com telhas de rocha se apresentava ali numa configuração moderna: com 100 x 40 cm, o formato era bastante incomum para uma telha de madeira e cada um dos ladrilhos tinha um estriamento marcante. Ele é fruto do material utilizado, no caso mármore Striato Olímpico, da Turquia. Em cada uma das placas estava marcado um ponto negro de mármore Nero Marquina.

A opção pela „Casa di Marmo“ é bastante prática e não somente para regiões quentes, como afirma Constanza Olfi, representante da empresa. Também é possível isolar as paredes internamente com a aplicação de uma parede de vidro.

Marsotto

sandellsandberg

Uma atmosfera um tanto irreal estava presente do estande da Pibamarmi, concebido por Manuel Aires Mateus. As paredes de calcário Pietra di Brera tinham metros de altura. Estreitos e alongados eram os caminhos até elas e nas esquinas o visitante topava repetidas vezes com produtos da empresa. Vários deles também não estavam normalmente instalados, mas desalinhadamente encostados nas paredes. No total, nessa instalação foram empilhadas umas sobre as outras 15.000 peças individuais de rochas, em sete tamanhos diferentes.

Pibamarmi

Manuel Aires Mateus

Em „Lithea“ na MGM Furnari, Marco Piva trabalhou a superfície do limestone siciliano Grigio Billiemi empregando a técnica CNC. Os ladrilhos de diferentes tamanhos foram instalados como numa obra do famoso artista gráfico Mauritius Escher, nos quais formas impossíveis em três dimensões parecem factíveis no desenho. Na parte externa do estande encontravam-se em certa medida os materiais que o compunham, ou seja, placas polidas. Em direção ao interior, a superfície dos ladrilhos de fato mostrava sempre o mesmo padrão, porém com linhas sempre mais dinâmicas. Na outra extremidade, outra vez via-se placas polidas.

MGM Furnari

Marco Piva

A região Puglia contratou de uma vez vários designers. Philippe Nigro projetou peças de mobiliário para a empresa Petra inspiradas em crostas de blocos brutos de pedreiras, Luca Nicheto desenhou para a Decor Martena assentos e iluminação em rochas e Tomas Alonso concebeu mesas em madeira e rocha para a InSpo Marbles.

Região Puglia

Mais sobre a Marmomacc na nossa edição de novembro.