www.stone-ideas.com

Arquitetura: …e viveram felizes para sempre

(Março 2011) Essa notícia sobre duas residências de veraneio no interior da Croácia poderia ser narrada como num conto de fadas: era uma vez dois amigos que desejavam construir casas para suas famílias. Um terreno eles encontraram rapidamente, numa localidade chamada Bratovici, na Ístria, uma península do Mediterrâneo, que ali se chama mar Adriático. Como os camponeses ístrios raramente prosperaram, a região sempre se caracterizou por construções modestas: muros de pedra, quatro paredes externas com portas e janelas, um teto por cima e pronto.

Agora o conto de fadas entraria na fase do problema, talvez a sogra maldosa, um bruxo melífluo ou nossos heróis inocentes poderiam ser injustamente expulsos do local. Porém, como nas nossas histórias tudo corre bem, aqui entram em cena os arquitetos de Arhitektri, vindos da capital croata, Zagreb.

Eles valorizam uma maneira de construir que corresponda ao estilo dos locais onde vão trabalhar, e assim quebram bastante a cabeça sobre qual a melhor forma para aquele caso. Então lembram-se de antiquíssimas casas redondas da região, comparáveis àquelas famosas em Trulli, no sul da Itália. Nos Bálcãs, que estão do outro lado do mar Adriático, esse estilo construtivo em rocha se chama Kazun.

No final de nossa história, aparecem em Bratovici duas casas térreas sobre o prado, simples como celeiros, dispostas entre si em ângulo reto. Antes de suas paredes externas é levantada uma fachada de rochas, feita de calcário Benkovac, típico da região, trabalhado a mão por pedreiros locais. Bem tradicionais, até os tetos são cobertos com rochas.

Internamente, essas construções contemporâneas são equipadas com o que há de mais moderno, tendo piscina no jardim e antes dela terraços de cinema. Naturalmente que entre o revestimento de rochas e a parede de sustentação foi colocado um isolante térmico de 10 cm de espessura.

O título do projeto era nu e cru: „Dvije Kuce“ („Duas Casas“). De algum modo, as duas palavras permaneceram como nome do local… e foram felizes para sempre.

Arhitektri

Kazun

Fotos: Miljenko Bernfest, Aleksandar Markovic