www.stone-ideas.com

Arquitetura: Convidativo para se permanecer dentro e também fora

(Junho 2011) O prédio é duplamente convidativo: de um lado é atrativo para se estar internamente, por outro também para permanecer ao ar livre em seus degraus antes da entrada principal. A cidade de Pécs foi escolhida para ser Capital Cultural Europeia de 2010, junto com Essen, na Alemanha, e Istambul, na Turquia.

Os arquitetos pertencem ao escritório Építész Stúdió, de Budapeste. O impacto visual do salão de concertos geminado com centro de conferências é moderno: superfícies planas marcam a fachada, descontraídas na fachada dos fundos por tiras de janelas ou, entre as partes componentes do prédio, por ângulos irregulares. Uma das faces laterais apresenta uma janela gigante.

O material marcante tanto na fachada como também no hall de entrada é o travertino de Süttö, cidade da região, apresentado em duas variantes. Por e-mail, escreve o arquiteto Tamás Fialovszky: „No geral, nos esforçamos por usar material doméstico, tanto por razões culturais quanto ambientais.“ A pedra branco-amarelada, admirada há séculos por escultures, foi fornecida pela empresa Reneszánsz.

São dignos de nota na entrada não apenas os degraus, que parecem brotar do prédio. Também é inusual a fachada e a maneira como os arquitetos da „Kodály központ“ („Kodály Center“) marcaram o identidade do prédio na fachada: apenas com polimento, algumas placas de travertino compõem a letra K, homenagem ao compositor e professor de música Zoltán Kodály (1882-1967), filho da cidade de Pécs.

Építész Stúdió

Reneszánsz

Zoltán Kodály

Fotos: Tamás Bujnovszky