www.stone-ideas.com

Arte: Brincando com rochas

(Março 2012) O escultor Ulf Eggert de fato brinca com as rochas em seu trabalho, afinal suas obras contém forte humor e expressam pura alegria de viver. Por exemplo a obra em arenito „Ohne Titel“ (Sem Título) ou outra em mármore „Ist da was Böses drunter?“ (Tem algo maligno ali embaixo?). Surpreender é o que mais lhe interessa em seu trabalho.

Em outra linha, há também muitas obras místicas, como aquela com olhos salientes „Bulge“ (Tumescência) ou „Augenbaum“ (Olho da árvore). E uma terceira temática, dedicada à profundas emoções, como o rosto entitulado „Verzweiflung“, onde uma pessoa arranca os próprios cabelos.

O fato de as obras de Eggert serem tão contrastantes pode ter algo em comum com sua trajetória de vida. Por muitos anos ele liderou uma empresa de comércio, com alguns empregados. Nessa época, a tarefa era ganhar o pão e manter a empresa herdada do pai, bem como a preocupação com sua própria família e suas 3 crianças. Em uma introdução à escultura aconteceu-lhe de ficar olhando uma obra por horas e ao final decidiu dedicar-se integralmente a seu velho hobby.

Imediatamente tocou ao ex-negociante, que dizia de si mesmo sempre ter sido um estressado impaciente, exercitar muito a paciência. Primeiro foi necessário vender a empresa e logo o autodidata passou a empreender longas viagens aos ateliers de Carrara „para desenvolver um olhar para a composição“. Ele elogia os mestres italianos, que generosamente o guiaram pela mão na empreitada.

Exatamente o fato de que seu trabalho com rocha exige muita paciência é o que ele crê ser um enriquecimento pessoal, „um padecer positivo“. Mas contudo admite: „Fora do meu atelier, continuo sendo um apressado.“

O que ele considera mais importante é que o observador não perceba os esforços empregados ali. Em obras como o „Torso männlich“ (Torso masculino) ele deixa-se inspirar pela forma da rocha e procura fazer mínimas intervenções.

Todos os seus trabalhos são realizados em um único bloco, o que nem sempre é percebido pelo observador. Ele costuma pintar as peças individuais com óleo de rochas, como é o caso de „Und ab ins Badezimmer“ (E vamos para o banheiro).

Em outros casos ele usa as possibilidades de superfícies distintas em uma mesma rocha, como por exemplo em „They never come back“.

A respeito de brincar: no fim de nossa longa conversa pedimos que ele nos enviasse, junto com fotos de alguns dos seus trabalhos, uma foto dele esculpindo.

No dia seguinte encontramos em nossa caixa de e-mail fotos de ovelhas, e com elas um esclarecimento: no terreno remoto onde ele conduz seu trabalho em absoluta solidão eventualmente apareciam algumas ovelhas e „No final nos tornamos quase amigos.“

Nossa foto mostra Eggert em ação criando „Augenbaum“. Um retrato tradicional do artista pode ser encontrado em sua página na internet.

Ulf Eggert (em alemão)

Fotos: Ulf Eggert