www.stone-ideas.com

Arquitetura: Monumental e com materiais luxuosos

(Maio 2012) Monumental na aparência, exibindo vários materiais nobres e no geral muito luxuoso é o novo centro de congressos da capital usbeque, Tashkent. O nome completo do local é „Palace of International Forums ‚Uzbekistan’“ (Palácio dos Fóruns Internacionais ‚Usbequistão’). O recado é claro: mostrar a nova imagem dessa ex-república soviética e de seu governo atual.

Sua inauguração aconteceu em 2009 em comemoração aos 2200 anos de Tashkent. Ele está localizado na Praça Amir Temur, no centro da cidade, onde também se encontra a estátua equestre deste herói nacional. Trata-se de um megaprojeto, construído em cerca de apenas meio ano.

A marca de sua composição interior são os padrões geométricos, tal como conhecemos na arte islâmica. Esse tipo de decoração no entanto já era conhecido muito antes, no reino Sassânida, ao qual o Usbequistão também pertencia.

O piso do foyer já marca o primeiro encontro com as típicas estrelas octogonais. Ela foi beneficiada através do jateamento d’água em mármore Bianco Sivec. Listras de metais nobres demarcam suas linhas.

A mesma padronagem encontra-se também no teto, aqui um tanto aumentado.

De acordo com a empresa alemã KMD, que chefiou os trabalhos de execução da decoração interna, trata-se de 6500 m² de superfície no piso, no qual estão inseridas 800 estrelas. No total, as incrustações são compostas por 60.000 peças individuais.

Intrincados trabalhos de marchetaria são encontrados também em outros aposentos. No salão de banquetes, por exemplo, há um parquet de ébano negro no piso ao longo do qual também seguem largas listras de mármore Arabecato-Corchia. Ao contrário do mármore Sivec, que é quase completamente branco, essa rocha apresenta veios e estruturas bastante escuros.

Outros tipos de rocha encontráveis ali são mármore verde Irish Green e também Bardiglio Nuvolato, com estruturas que lembram nuvens.

As paredes externas foram revestidas com o mármore Thassos puramente branco. Aqui aparecem novamente motivos florais, igualmente recorrentes na arte islâmica.

Outra marca registrada da decoração interior são os lustres de cristal Swarovski. Se a arquitetura exterior foi executada por um grupo de arquitetos usbeques, o interior foi totalmente concebido pela empresa alemã Ippolito Fleitz Group. Um time de empresas da Itália, Espanha, Grécia e Alemanha foi recrutado para executar os trabalhos em rochas ornamentais.

Ippolito Fleitz Group

KMD Natursteine

Kuester Architecture

Fotos: Zooey Braun