www.stone-ideas.com

A engineered stone „DNA Urbano“ carrega consigo a poeira das ruas de grandes cidades

Stone Italiana: „DNA Urbano“.

A empresa Stone Italiana obtém a matéria-prima de seu mais novo produto através de máquinas de varrer ruas nos subúrbios de Milão

O setor de rochas tem entre seus slogans de marketing que as rochas carregam a pátria em si.

Deste tema surge uma surpreendente variação no setor das engineered stones: a empresa Stone Italiana utiliza poeira das ruas como matéria-prima para suas rochas artificiais. Objetivamente, trata-se da mistura de grandes partículas que depois de uma chuva se depositam nas sargetas e em algum momento são recolhidas pelas máquinas de varrer ruas.

O material então é recolhido pela empresa CEM Ambiente Spa em cerca de 50 comunidades nas aforas de Milão e depois de limpo é separado e então beneficiado pela Stone Italiana com resina, na função de aglutinador, para criar a engineered stone com o sonoro nome de „DNA Urbano“.

Stone Italiana: „DNA Urbano“.

O nome indica que a matéria-prima contém a base elementar da vida em uma cidade – afinal, se pode tranquilamente encontrar em DNA Urbano também estilhaços de óculos de sol, pedacinhos de placas de circuitos integrados ou raspas de arames metálicos.

Contudo, de uma tal variedade de fragmentos não se pode fazer sem maiores compensações pisos ou revestimentos de paredes. É preciso acrescentar uma certa quantidade de areia quartzífera, que preenche os espaços entre elementos tão diferentes, e como aglutinador, algo como 6% ou 7% de resina.

Com isso, DNA Urbano alcança o selo ecológico Ecolabel. Afinal, a origem da matéria-prima é 100% material reciclado.

Há uma certa semelhança visual entre o novo material e o Terrazzo, no qual fragmentos de rocha são misturados a cimento.

A Stone Italiana foi fundada em 1979 e foi, segundo ela mesma, a primeira produtora mundial a produzir e comercializar engineered stone. „Ao longo dos anos, nossa produção tem sido um reflexo de uma nova maneira de se perceber e utilizar rochas, algo muito parecido a uma revolução na percepção que se tem de rochas“ , afirma adiante seu material de divulgação.

Jamais se tentou imitar a natureza. O cerne das ideias comerciais sempre foi a experimentação e frequentemente também a busca de novas possibilidades de utilização de rochas.

O showroom da empresa, sediada em Zimella (na província de Verona) fica em Milão e apenas a alguns passos da catedral da cidade (Via degli Arcimboldi, 5, 20123 Milano).

Se poderia supor que ali na volta da catedral os turistas raspem mármore da fachada para em casa terem pedras de lembrança da viagem à Europa.

Stone Italiana

Fotos: Stone Italiana

See also:

 

 

 

 

(11.10.2016)