www.stone-ideas.com

Feira STONE 2016 em Poznań – por que vale a pena?

Stone Fair Poznan.

Update: To bring buyers and sellers together, the fair offers a guided tour through the halls on the first day (November 16, 2016) at 11 o’clock in the morning. If you are interested please contact Joanna Sypniewska (Mail),
Tel: +48 61 869 22 16. Participation is free.

Latest news: At the moment, the list of exhibitors includes more than 150 companies (from 18 countries), of whom two thirds are foreign firms, among them Cereser Marmi, Ernst Strassacker, F.S.E., Granits, H.M Tarn Granit, International Stone Expert, Ls Marmi Scala and Sati Exports India.
 

Há três razões para vir a Poznań e se apresentar na feira STONE (16-19 de novembro de 2016): é o boom no setor de construção civil observado na parte leste da Europa Central, grande procura de lápides e proximidade da Alemanha.

Boa situação económica

Nos últimos anos, a Polônia que tem 38,5 milhões de habitantes, anota excelentes resultados económicos. De acordo com o anuário estatístico „Sektor Kamieniarski 2016″ [Setor pedreiro], elaborado pela empresa italiana IMM Carrara, em 2015 a Polônia esperou um crescimento do PIB de 3,5% em relação ao ano anterior.

No mesmo período prognosticou-se 7% de crescimento de investimentos no setor de construção civil.

GTAI, uma organização alemã de comércio externo, chegou a mesmas conclusões – o PIB prognosticado para 2015 de 3,4% para chegar ao nível de 4% em 2017.

A Comissão Europeia foi menos entusiasta e previu crescimento do PIB de 3,3% ao ano.

Uma das razões para esta tendência são os 125 bilhões de euros que a Polônia vai receber da União Europeia até 2020. De acordo com os prognósticos da GTAI, estes fundos devem contribuir para um aumento das importações de cerca de 25% até 2017.

Devido aos rendimentos mais elevados, o consumo privado deve crescer 3%. Os consumidores privados vão usar uma parte desses fundos para construir casas novas e restauraa as antigas.

Fortes tradições católicas

A Polônia é um país católico que cuida das tradições religiosas e por isso monumentos de pedra são um padrão em cada túmulo. Nos últimos anos, quem abasteceu a Polônia de granito e mármore foram a Índia e a China.

 Fortes tradições católicas. Fortes tradições católicas.

Um interesse especial entre as empresas do mercado de pedra acordam blocos de pedra que podem ser cortados em lápides.

Pessoas que perderam os seus parentes já não se interessam apenas por lápides em tons de cinza e preto, escolhem cada vez mais cores exóticas.

Proximidade da Alemanha

A última razão é a proximidade de Berlim para a qual de Poznań são apenas 300km e a autoestrada entre essas duas cidades está em muito bom estado. O comboio leva 2,5 horas para chegar à capital da Alemanha.

Ambos os países vizinhos têm fortes relações económicas, são membros da União Europeia. No entanto, a Polônia não entrou na zona euro e continua a usar a sua própria moeda – zloty (1 USD = 3,789 PLN).

Feira do Setor de Pedra STONE em Poznań, Polônia, 16-19 de novembro de 2016.
Contato: Hanna Lisiecka, Mail, +48 61 869 26 77

(28.10.2016)