www.stone-ideas.com

„Ajudando a recrutar, manter e promover mulheres no setor de rochas“

Die „Women in Stone“ bei einer Veranstaltung „Wine & Stone“. Foto: MIA

„Women in Stone“ chama-se o grupo de trabalho do Marble Institute of America (MIA) e do Building Stone Institute (BSI) / Hedonista e alegre: „Vinho e Rochas“

A palavra de ordem é „Ajudando a recrutar, manter e promover mulheres no setor de rochas.“ Bem mais sóbrio é o conceito do grupo de trabalho „Women in Stone“ do Marble Institute of America (MIA) e do Building Stone Institute (BSI).

Sarah B. Gregg do MIA resume mais claramente o programa: „As mulheres desempenham na economia cada vez mais papéis e cada vez mais importantes, nisso queremos auxiliá-las a fazê-lo com sucesso.“

A iniciativa, abreviada em WIS, existe de 2014. Ela já começou com grande sucesso algumas iniciativas, entre elas uma bastante incomum.

No foco disto, está o Mentoring Program. Nele, mulheres iniciantes na carreira são reunidas com outras já experientes. Em especial na busca de sucessores, junto ao fomento às carreiras femininas, isto inclui para algumas empresas a necessidade de sobrevivência.

Uma variante do Mentoring é o Speed Mentoring. Aqui sentam-se frente à frente apenas por alguns minutos novatas e veteranas e então trocam de lugar para contatos com outras colegas.
Quando se dá uma boa identificação em um destes encontros, então as duas podem se encontrar mais tarde para intercâmbios mais intensivos.

Outro ponto do programa são webinars para comunicação. Nestes seminários online as participantes aprendem, por exemplo, como conversar num ambiente de negócios e como conduzir negociações. O tema ali também é como conquistar respeito e ser ouvida em um setor dominado por homens.

Duas novas atividades foram iniciadas em 2016: Women in Stone Pioneer Award para pessoas do setor que se engajaram na promoção de mulheres e, também, as bolsas de estudo Women in Stone Empowerment, que inclui todos os custos para visita a uma feira ou a uma viagem de estudos, financiada pelo MIA ou BSI.

O programa incomum já mencionado é o „Wine & Stone“ (Vinhos e Rochas) com o subtítulo „uma conexão natural“. Aqui são tipos de seminários descontraídos sobre ambos os temas, e isso naturalmente com o objetivo tácito da promoção de vendas: degustações de vinhos são ligadas a informações básicas sobre tipos de rochas.

„Arquitetos e designers valorizam o fato de serem tirados de seus escritórios para um showroom“, diz Sarah Gregg, „e eles apreciam atmosferas descontraídas, o que é algo que cultivamos.“

A ideia não é nova. Tais eventos são conhecidos em vários lugares da Europa, onde se propicia a união de aspectos do vinho com os do solo e as rochas no qual ele cresceu.

Especialistas afirmam que tais conhecimentos gerais são menos exercitados nos EUA que em outros lugares, por isso os arquitetos e designers locais voariam para experimentar tais oportunidades. Afinal assim eles colecionam pontos para a continuidade de suas formações.

É curioso destacar o quanto de viabilidade comercial as mulheres veem no tema hedonístico: há um pacote (kit) com orientações práticas de como organizar este tipo de evento. Ali se encontram respostas a perguntas como: o que é necessário constar em uma apresentação destas? Como dispor as mesas? Que informações sobre ambos os produtos oferecer aos convidados?

Sarah Gregg explica: „O pacote oferece apenas sugestões, de como fazê-lo melhor, mas não fixa como deve acontecer o evento em questão.“ Quem quiser usar o pacote paga em um evento com menos de 25 participantes cerca de US$ ao MIA.

Desde agosto de 2015, já houve 28 encontros. Em parte, eles foram organizados com um comerciante de vinhos no local. (Sumu)

Women in Stone

Wine and Stone

See also:

 

 

 

 

(23.11.2016)