www.stone-ideas.com

Arte: Misteriosas letras em rocha

(Abril 2011) Em Baška, na Croácia, em cidadezinhas ou locais marcantes, o turista volta e meia tropeça em blocos de rocha com curiosas marcas. Placas informativas explicam que se trata de letras do alfabeto glagolítico, cujo vestígio mais antigo, uma placa de rocha com inscrições, foi encontrada em um mosteiro ali perto. Essa mais antiga forma de letra eslava foi possivelmente criada cerca de 850 DC pelo monge Kyrill, que nela reuniu sistemas escritos de gregos, caucasianos e semitas.

Também vale a pena notar que as línguas modernas da região ainda mantém suas particularidades: Baška fica na ilha de Krk, cujo nome é pronunciado sem qualquer vogal.

Ali há 34 letras gravadas na pedra, que vão do A (em glagolítico: Az) até Ω (ômega). Ou para ser mais exato: elas se encontram ao longo de uma trilha que leva do passo de

Treskavac através da cidadezinha até a beira da praia. Elas foram criadas por estudantes de artes e escultores de vários países. Eles se reuniram com esse propósito em workshops ali organizados de 2006 a 2009, sob a direção do escultor e professor Ljubo de Karina.

Ele gravou a primeira letra na paisagem sobre um bloco de 6,1 m com cerca de 17 t. O material para essa e outras grandes peças foi calcário ístrio Valtura e Kanfanar. As menores são de calcário Sivac, da ilha de Krk.

A ideia do projeto, com o título „Sarcen glagoljaj“ („Fale com seu coração“) foi de Blandina Markovic-Randic, uma dentista aposentada que se interessou pela cultura e tradição locais. A iniciativa foi apoiada por Branka Polonijo, chefe da Associação para Fomento Cultural do local. Soubemos da iniciativa por sugestão de Ivana Stojčević, da empresa Sard.

Trilha Glagolítica de Baška

Sard

Fotos: Blandina Markovic-Randic