Helsingborg, Suécia: na zona de pedestres Kullagatan é estendido um tapete de rochas ornamentais

Um tapete feito de rocha ornamental foi estendido pela cidade sueca de Helsingborg em sua principal rua comercial, chamada Kullagatan. Mas isso não é tudo: há um elemento marcante no pavimento, e para ele há um show especial de luzes. Além disso, sons e música estão incluídos no conceito.

A Kullagatan foi a primeira rua liberada para pedestres na Suécia, mas seu design, de 1961, estava demasiadamente fora de moda para os dias de hoje. A cidade encomendou ao chefe de seu departamento de paisagismo, Martin Hadmyr, um design moderno. Tanto os comerciários quanto os cidadãos aprovaram o novo conceito deste paisagista.

Já o acesso a Kullagatan tem uma composição marcante: o novo pavimento em rochas se estende um tanto sobre a rua ao lado, para que o transeunte possa ter a impressão de que a partir dali vai pisar em um tapete vermelho.

Já o acesso a Kullagatan tem uma composição marcante: o novo pavimento em rochas se estende um tanto sobre a rua ao lado, para que o transeunte possa ter a impressão de que a partir dali vai pisar em um tapete vermelho.

Na realidade, trata-se de placas de granito cinza claro sueco.

Em todo o entorno até as vitrines, a rua é coberta com pequenos pavimentos escuros de diabáse. Não existe uma calçada, afinal de contas estamos em uma zona de pedestres.

O „tapete

O „tapete” só é interrompido quando suas laterais encontram-se com alguma das ruas que cruzam a Kullagatan. O revestimento desta minipraça inspira-se em um típico motivo da arte islâmica. Martin Hadmyr trouxe o conceito dela do Afeganistão, e diz sobre o projeto: „Queríamos incluir a figura de uma joia neste ponto da calçada.”

O revestimento desta minipraça inspira-se em um típico motivo da arte islâmica.

É típico da arte islâmica que a padronagem pareça ser muito complexa, mas esta na realidade é constituída por apenas três elementos distintos.

Essa padronagem aparece também nas floreiras circulares em torno das árvores...

Essa padronagem aparece também nas floreiras circulares em torno das árvores…

... e da mesma forma nas luminárias daquela rua.

… e da mesma forma nas luminárias daquela rua. Elas foram desenvolvidas em conjunto com a empresa Atelje Lanterne.

Em adição a essa geometria de certo modo fixa, segue-se uma outra padronagem mais movimentada: um projetor lança do alto feixes luminosos sobre a minipraça.

Em adição a essa geometria de certo modo fixa, segue-se uma outra padronagem mais movimentada: um projetor lança do alto feixes luminosos sobre a minipraça.

Os padrões variam em forma e cor, combinados segundo com a estação do ano ou o evento do momento.

Os padrões variam em forma e cor, combinados segundo com a estação do ano ou o evento do momento. „Na época do Natal vamos fazer algo diferente do que neste mês, durante a Copa do Mundo de Futebol”, conta Hadmyr. A idéia é „dar à rua um novo rosto a cada momento.”

A idéia é „dar à rua um novo rosto a cada momento.

Também o conceito de som serve a este propósito: no verão você pode ouvir o canto dos pássaros pela manhã; quando o comércio abre, então toca uma música típica de lojas de departamentos, e nos fins de semana ouve-se algo com a atmosfera dos clubes e casas noturnas. „A idéia não agrada a todos”, Hadmyr admite.

Convertida em Euros, a reformulação completa custou 1,8 milhão. Isto inclui, entre outros, um aquecimento de piso, para derreter a neve no inverno.

Uma segunda parte da rua vai ser projetada com o mesmo design. O trabalho em rocha foi realizado pela empresa Peab e o material foi fornecido pela Zaar Stone.

Helsingborg

Peab

Zaar Granit AB

Fotos/Renderings: Helsingborg

(30.06.2014)