www.stone-ideas.com

Matthew Simmonds: pode haver nas rochas portas para um outro mundo?

Se você mora no hemisfério norte, caro leitor, suas férias de verão para este ano provavelmente chegaram ao fim. Antes de retornar ao trabalho, queremos levar você numa escapada a um lugar aonde você jamais esteve – dentro da pedra.

Matthew Simmonds: „Gothic Stone“.

Nestas primeiras imagens entramos com os olhos em „Gothic Stone” (rocha gótica), de Matthew Simmonds. Infelizmente, a escapada chegou ao outro lado do corredor e assim voltamos outra vez à realidade.

Matthew Simmonds: „Gothic Passage“.

Portanto, mais uma caminhada através de „Gothic Passage” (Passagem Gótica).

Matthew Simmonds: „Elevation V“ Santa Maria del Fiore, Florence.

Matt Simmonds é formado em história da arte, diplomou-se na Universidade de East Anglia, no Reino Unido, em desenho arquitetônico da Idade Média, em seguida trabalhou como ilustrador, aprendeu escultura em rocha no Weymouth Technical College e finalmente foi para Pietrasanta, uma cidade vizinha de Carrara.

Matthew Simmonds: „Basilica II a“.

Suas obras são fascinantemente contraditórias: sem dúvida ele cria estruturas, mas não através da construção de pedra sobre pedra, mas apenas escavando rochas. Sobre isso, nos diz ele: „Eu me preocupo profundamente com espaço e luz e com a ideia de entrar em um mundo interior.”

O que ele faz aqui é trocar a dimensão interna (irreal) pelo mundo externo (real) de pedra. Seus quartos são cavidades, e é aí que reside o seu fascínio: a precisão dos seus detalhes arquitetônicos convida o visitante a compreender essas cavidades como espaços reais e, portanto, a suspeitar que em algum lugar eles tenham portas para outro mundo.

Matthew Simmonds: „Solaris“.

O próprio Matthew Simmonds também gosta de jogar com tais pensamentos. Assim, ele projetou seus pontos de vista do interior da rocha não apenas para históricas câmaras, escadarias e pórticos. Em seu repertório ele também tem arquiteturas de um jeito que ainda não vimos.

Matthew Simmonds: „Space with Doric Columns“.

„Na maioria dos casos, a própria pedra me sugeriu a escultura”, nos conta ele. De qualquer forma, ele deixa-se inspirar pelos diferentes tipos de material: „Um mármore pode sugerir talvez um trabalho mais clássico, um travertino algo mais simples e robusto, um calcário fino uma detalhada e inspirada peça medieval.”

Matthew Simmonds

Fotos: Matthew Simmonds / Tina Brok Hansen

Matthew Simmonds: „Chapter House III a“.Matthew Simmonds. Foto: Tina Brok Hansen(05.09.2014)