www.stone-ideas.com

Um semicírculo de rocha ornamental para o cozinhar

Os edifícios (chamados Oast House) no condado de Kent, na Inglaterra, que tratamos aqui, eram anteriormente destinados à conservação de lúpulo, à secagem e produção de malte. Hoje em um andar de uma torre desta instalação encontra-se uma cozinha com uma ilha de trabalho no centro. A tarefa da empresa County Stone Granite era, acompanhando a curvatura da parede exterior, instalar uma bancada de cozinha.

A cliente queria o mesmo granito indiano que adornava a ilha no meio da sala.

O desafio não consistia apenas em acertar a exata curvatura em 3 peças. Também a conexão necessária com a parede exterior demandava especial atenção. O mesmo valia também para os recortes dos nichos para fogão e pia.

E, finalmente, o transporte de peças: o elevador não poderia transportar as peças arqueadas, de modo que os artesãos tiveram que carregar esses ítens extremamente ruins de se manusear pelas escadas. Com 3 cm de espessura, a rocha demandou bastante daquela turma.

County Stone Granite: Cozinha em Oast House.

Os cantos dianteiros foram arredondados com máquina CNC. Ao longo da parede da bancada, o processamento foi manual.

„Como mais de 20 anos de atividade no ramo, já projetamos, fabricamos e instalamos uma grande variedade de bancadas. Mas este contudo… foi o maior desafio”, é informado no site da empresa.

Nestes tipo de edifícios chamados Oast House anteriormente estiveram distribuídos grãos ou lúpulos por vários andares. De baixo deixava-se subir ar quente, que secava o material e lhe conferia o sabor típico de malte. Se ligado o forno no porão, por exemplo, com turfa, obtinha-se o ar adequado para fazer uísque.

County Stone Granite

Fotos: County Stone Granite

Oast House.(07.11.2014)