www.stone-ideas.com

„Alligator“: uma máquina que corta blocos de rocha irregulares

Silen Superhydrosystems: „Alligator“.

„Alligator“ é como o Dr. Yury Lebedev batizou sua máquina de extração de blocos brutos com formas irregulares. O nome refere-se ao puncionador, que fixa a rocha, e também às cunhas, que em seguida irão virtualmente roê-la. A tecnologia foi apresentada por este engenheiro russo na feira de Xiamen, em março deste ano.

Ele e sua empresa, Silen Superhydrosystems, estão à procura de parceiros de negócios, especialmente na China. A empresa, com sede na República de Altai, na parte asiática da Rússia, é parte do consórcio Chief Group, que se concentra no desenvolvimento de tecnologias inovadoras.

Comparativamente, o „Alligator“ é até portátil, com dimensões de 2,6 m de largura, 2 m de altura e 0,7 m de profundidade, de modo que a máquina pode ser utilizada diretamente na pedreira. Sua principal aplicação deve estar em rochas brutas, que hoje em dia ou permanecem na pedreira como resíduo ou são transformadas em brita. Com sua tecnologia, essas peças podem ser rentavelmente divididas em placas poligonais, explica Lebedev.

Silen Superhydrosystems: „Alligator“.

A máquina tem 3 opções de tamanho: na largura, além da versão de 2,6 m, há alternativas com 1,10 m e 1,70 m. Com elas podem ser cortados pedaços de dimensões máximas de 2,5 m de largura e 80 cm de altura. A máquina pesa, em sua maior versão, 3 toneladas. Sua força de tração é de no máximo de 1000 toneladas.

Seu funcionamento está baseado em duas peculiaridades protegidas com patentes. Por um lado, há o puncionador que segura o bloco. Na parte superior da rocha, ele permite que a pedra tenha até 50 cm de irregularidade geométrica e, no lado de baixo, até 20 cm. Em segundo lugar, estão patenteadas as cunhas de divisão-separação, que também operam com uma nova tecnologia, segundo Lebedev.

Silen Superhydrosystems: HRS-System.

Ele ainda apresentou outra novidade em Xiamen: o Sistema HRS para dividir blocos comuns. Aqui a característica especial é que a pressão é gerada com uma bomba manual e todo o sistema pode ser transportado pelo terreno da pedreira em um carrinho de golfe.

A pressão de operação máxima de 150 MPa. Com água aditivada com glicerina ou, para tipos de rochas caras, com água pura; a força motriz é transmitida da bomba manual ao divisor-separador dentro da perfuração.

A particularidade da tecnologia aqui é o separador ou divisor. Lebedev prefere manter segredo e nos diz apenas que é empregado um metal particularmente valioso, de ampla utilização militar.

Silen Superhydrosystems

Video (1, 2)

Fotos: Silen Superhydrosystems

(23.06.2015)