www.stone-ideas.com

Notas e Agenda

O famoso concreto dos antigos romanos (Opus caementititum) pode ter sido descoberto quando foram observados os processos naturais na junção de cal com cinzas vulcânicas, escreve Per Storemyr em seu blog. O arqueólogo e especialista na utilização de rochas ornamentais em tempos antigos publicou um estudo crítico sobre o tema na revista científica New Scientist.

Mesas de mármore, cuja superfície se parece com um objeto simplesmente jogado ali, foram projetadas pelo designer norte-americano Sean Knibb e podem ser produzidas em Carrara.

Menus exclusivos, cuja capa é revestida por ardósia superfina, são oferecidos pela empresa austríaca Reischl.

Foto: Luca Santiago MoraBancos no desenho de código Morse aparecem no recém-inaugurado Danish Maritime Museum em Elsinore. Os objetos foram produzidos na China em granito local. O projeto dos bancos é dos designers da Kibisi. Este museu espetacular é localizado no subterrâneo de uma antiga doca seca (1, 2).

Um novo tijolo deve ser preparado a partir de resíduos industriais e sua fabricação consumirá pouca energia. Foi desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT), nos EUA. Um concreto, capaz de autoregenerar-se, foi apresentado pela Universidade Técnica de Delft (1, 2).

A Stone Foundation dos EUA organizará em janeiro de 2016 na Califórnia o Stonework Symposium, com trabalhos práticos e palestras.

Um mapa geral de rochas ornamentais alemãs é agora encontrável na forma de pôster no formato 65,3 cm x 92,5 cm. Ele mostra quase 200 depósitos e nomeia as variedades encontráveis em cada um deles. Ele pode ser encomendado a um preço de 14,90 € na loja online da revista Naturstein (em alemão).

„Abirochas em Notícia“ chama-se a revista da associação de rochas ornamentais do Brasil, que já se encontra em segunda edição, agora também em inglês.

Vídeo do Mês: Logo vai terminar o verão no hemisfério norte. „Temporary trees“ (árvores temporárias) por Raw Color e Mkgk.

(17.08.2015)