www.stone-ideas.com

„Pixel“ de Paolo Ulian: um mundo de vários pequenos blocos

Paolo Ulian, F65: „Pixel“.

A maior parte do trabalho foi executado pela serra, ao criar os sulcos na superfície da pedra. Depois disso, fica para o cliente o puro prazer de escolher a posição de cada pixel, de modo a formar uma imagem a partir da estrutura.

Paolo Ulian desenvolveu para a F65 a coleção „Pixel“. Ele é um renomado designer italiano e a F65 pertence a Francesca Bufalini, subsidiária da empresa homônima, que executa finos trabalhos em rochas ornamentais há 300 anos.

Paolo Ulian, F65: „Pixel“.

Uma das ideias de Paolo Ulian é uma parede com dimensão de 2,50 m x 5 m, composta de pequenas placas. Pode-se dizer que se trata de um revestimento de parede em pedra, onde o cliente pode planejar completamente a composição e ao final até mesmo executá-la.

Mas cuidado: aqui estamos em terreno da escultura e nele decisões tomadas não podem ser desfeitas. O que for descartado não pode ser recuperado.

Paolo Ulian, F65: „Pixel“.

Naturalmente, as superfícies também podem ser compostas com objetos…

Paolo Ulian, F65: „Pixel“.

…ou, retomando o tema da parede, os objetos também podem ser integrados ao padrão criado com pixels.

Esses pequenos tapetes de pedra certamente não são adequados para bares ou cozinhas. Em alguns lugares, no entanto, em que o ar contém apenas poeira, pode-se limpar esse revestimento vertical de mármore como se faz com qualquer piso, com um simples aspirador de pó.

Paolo Ulian, F65.

E, finalmente, que um pixel deva ser sempre quadrado, tampouco está escrito em lugar algum.

Paolo Ulian

F65, Francesca Bufalini

Bufalini Marmi

Fotos: F65

See also :

 

 

 

 

(23.08.2015)