www.stone-ideas.com

A 50ª Marmomacc poderia ter sido muito mais que apenas uma comemoração de jubileu do „Made in Italy“

Cada vez mais há produtos de uso cotidiano com ou de rochas ornamentais (design em rochas) e sempre são desenvolvidas novas e interessantes aplicações na construção civil (arquitetura em rochas). Foto: Ennevi / Marmomacc

Comparado ao automotivo, o setor de rochas precisa de foros internacionais para se aperfeiçoar

A Marmomacc teve neste ano sua 50ª edição e o „Made in Italy“ foi comemorado neste jubileu com um grande programa: o governo italiano colocou à disposição a enorme soma de € 2 milhões apenas para isto.

Com o dinheiro, a feira apresentou, entre outros, a maravilhosa mostra „Italian Stone Theatre“ no pavilhão 1 e convidou 100 arquitetos e 100 compradores do mundo todo para seminários e visitações de empresas, além de organizar o International Stone Summit, uma série de palestras de representantes de 20 federações nacionais de rochas.

Assim se poderia generalizar publicitariamente que esta 50ª edição da Marmomacc foi a mais nacional de todas. E assim se perderam grandes oportunidades para o futuro do setor de rochas internacional e também italiano.

Para melhor compreender isso, olhemos para um produto extraordinariamente bem-sucedido nos últimos 130 anos: o automóvel. Questionemos de onde veio e vem seu sucesso incomum.

Sim, o automóvel responde ao desejo de mobilidade das pessoas. Para isso os automóveis são de enorme conveniência e fáceis de manejar.

Mas há um outro ponto que nos interessa em especial: o setor automotivo se destaca por uma incrível variedade de modelos, mais especificamente para todos os gostos e todos os bolsos.

O setor de rochas está tratando de se tornar um desenvolvedor de produtos à altura do setor automotivo: hoje em dia não oferece ao mercado apenas o material, na forma de placas para fachadas, revestimentos de piso ou bancadas para cozinhas e banheiros. Cada vez mais há produtos de uso cotidiano com ou de rochas ornamentais (design em rochas) e sempre são desenvolvidas novas e interessantes aplicações na construção civil (arquitetura em rochas).

E por isso o setor precisa dar um salto quântico na direção da variedade de produtos oferecida no setor automotivo. Ali se encontra, como já dissemos, para cada cliente o automóvel exato para seu gosto e bolso.

Uma prova dessa extraordinária diversidade são as diferentes marcas, conhecidas de todos: Ferrari ou Fiat e assim também Citroen, Mini-Cooper, Honda, Jeep, Hyundai, Chrysler, Volkswagen… a lista é enorme.

Essa diversidade só é alcançável através de uma competição internacional. As grandes feiras de automóveis são os foros para isso.

Abrir a porta certa no sentido desta diversidade foi o que faltou à Marmomacc exatamente na edição de seu jubileu.

O que se poderia lamentar: como seria o „Stone Theatre“ do pavilhão 1, se ali também designers, arquitetos e empresas estrangeiras tivessem podido se apresentar?

Naturalmente, em um tal cenário os italianos teriam permanecido como principais protagonistas. Quanto a isso não cabe qualquer dúvida.

Contudo: tratava-se isso sim de alcançar a diversidade, tal qual se vê na indústria de automóveis.

Nesse ponto, os atores internacionais do setor de rochas ficaram totalmente de fora.

No entanto, o espirituoso Henry Ford já disse algo interessante a respeito: o que for bom para os automóveis será sempre bom também para a Ford Motor Company.

Marmomacc 2016, 28 de Setembro – 01 de Outubro

(14.11.2015)