www.stone-ideas.com

Portal Torana em arenito, presente da Índia à capital da Malásia, Kuala Lumpur

Odyssey: Torana-Gate em Kuala Lumpur.

A empresa Odyssey executou a rica ornamentação com representações de animais e plantas

Dez metros de altura, 7,3 m de largura e dotado de trabalhosos ornamentos revestidos em arenito: o Portal Torana no bairro Brickfields na capital da Malásia, Kuala Lumpur. É um presente de Estado indiano e foi inaugurado em novembro de 2015 na presença dos primeiros-ministros Narendra Modi (Índia) e Najib Razak (Malásia).

Odyssey: Torana-Gate em Kuala Lumpur.

O objetivo foi demonstrar a proximidade dos dois países e a ligação de suas culturas, como afirmaram os discursos oficiais. Assim o portal é um elemento importante do budismo e do hinduísmo e ostenta essas simbologias.

Os portais Torana dividem, enquanto entrada de complexos de templos – por exemplo antes do grande stupa na indiana Sanchi – as partes dedicas a atividades religiosas e mundanas. Em geral são compostos de dois pilares ligados com uma arquitrava por cima.

No portal de Brickfields os arquitetos da Akshay Jain and Associates, sediada em Nova Déli, a forma clássica foi duplicada. Os ornamentos em rocha mostram entre outras coisas a Árvore de Bodhi, na qual Siddharta Gautama experienciou sua iluminação, flores de lótus como símbolo de pureza ou cenas dos contos de Jakata.

Odyssey: Torana-Gate em Kuala Lumpur.

Para isso a empresa indiana Odyssey, sediada em Noida, Uttar Pradesh, beneficiou 48 toneladas de arenito Dholpur Beige. Essa especialista no design com rochas ornamentais se impôs numa concorrência com 16 candidatas.

Os ornamentos foram criados em placas de rocha com no mínimo 7,5 cm de espessura. A Odyssey teve apenas 4 meses para produzir os ornamentos. Foram empregados tanto ferramentas tradicionais de cantaria como também máquinas CNC e jateamento de água, segundo Ruchika Grover, fundadora da empresas e especialista em composições em rochas ornamentais em resposta a nossas perguntas.

Odyssey: Torana-Gate em Kuala Lumpur.

O portal Torana, com um custo de 1,1 milhão de dólares também foi politicamente um projeto difícil de se realizar, conforme se pode ler em observações colaterais na imprensa de língua inglesa: houve conflitos sobre os ornamentos e também sobre a questão de envolver ou não empresas da Malásia. Depois de 5 anos, foi alcançado um acordo.

Dos quase 30 milhões de malaios, 2 milhões têm raízes indianas, informa a imprensa. Brickfields tem como apelido Little India, por conter várias lojas e uma „vibrante comunidade indiana“.

Odyssey

Akshay Jain and Associates

Fotos: Odyssey

Odyssey: Torana-Gate em Kuala Lumpur.

(24.01.2016)