www.stone-ideas.com

A siciliana Lithea reproduz antigas composições do Mediterrâneo em modernos revestimentos e móveis em rochas naturais

Lithea: „Trame Mediterranee“, Salone del Mobile 2016.

Empresa sediada na ilha de Etna quer ver seus mármores, granitos e cia „colocados no mesmo nível de materiais contemporâneos”

A arte europeia teve sua origem nas antigas culturas do Mediterrâneo. Nesse contexto a Sicília foi por séculos um centro importante. Lá, na atual localidade de Patti, está sediada a empresa de rochas naturais Lithea e ela tomou o mar entre a África e a Europa como tema de sua coleção atual. „Trame Mediterranee“ (Tecido do Mediterrâneo) é o título: os designers Marella Ferrera, Fabio Fazio e Marco Piva se inspiraram, em seus revestimentos e móveis, nas ancestrais heranças culturais do entorno mediterrânico.

Marella Ferrera, Lithea: „Makramè“. Bianco Fenice marble. Marella Ferrera, Lithea: „Makramè“. Bianco Fenice marble.

Tecidos de verdade foi o que Marella Ferrera colocou nas superfícies de seus revestimentos chamados „Makramè“. O modelo dela foi a técnica de tecer conhecida como macramê.

Marella Ferrera, Lithea: „Filet“. Pietra Pece marble.Marella Ferrera, Lithea: „Centrini“. Bianco Fenice marble.

Também nos revestimentos „Filet“ e „Centrini“ antigos tecidos foram aplicados na rocha.

Fabio Fazio, Lithea: „Round“. Nero Marquina marble.

„Round“ é como Fabio Fazio chamou suas criações..,

Fabio Fazio, Lithea: „Origami“. Nero Portoro marble.

… „Origami“ é outra referência, esta à arte asiática em papel. Fabio Fazio, além de designer, é um dos chefes da Lithea.

Marco Piva, Lithea: „Matelasse“. Nero Marquina marble.

Nos brocados da era barroca inspira-se „Matelasse“, de Marco Piva. No Império Bizantino foi criado o tecido com fios de prata e ouro, vendidos às elites do mundo até na China.

Marco Piva, Lithea: collection „Isole“.

Combinando com os revestimentos de parede, Marco Piva e Marella Ferrera também desenvolveram peças de mobiliário. „Isole“ é como Marco Piva chama a coleção de mesas e pias de lavatórios. Individualmente, os elementos se chamam „Panarea“, „Salina“ e „Vulcano“.

Marella Ferrera, Lithea: „Ranni“.

„Ranni“ é como Marella Ferrera batizou sua mesa, sobre a qual de novo aparece uma padronagem de tecido.

A Lithea foi criada em 2008 por Patrizia Furnari e Fabio Fazio. No subtítulo do nome está o slogan „Le Forme Sensibile della Pietra“ (a forma sensível da rocha). Seu objetivo é „reinventar a face do material pétreo através do design fazendo com que tenha um definitivo lugar entre os materiais contemporâneos”, conforme diz o material de divulgação da empresa.

A matriz é a MGM Furnari, que criou reputação em projetos exclusivos para além das fronteiras italianas.

Lithea

Marella Ferrera

Studio Marco Piva

Fotos: Lithea

Marella Ferrera, Lithea: „Centrini“. Pietra Pece marble.Marella Ferrera, Lithea: „Filet“. Bianco Fenice marble.Marella Ferrera, Lithea: „Filet“. Bianco Fenice marble.Marella Ferrera, Lithea: „Filet“. Bianco Fenice marble.Marella Ferrera, Lithea: side tables „Nichi“.

(10.08.2016)