www.stone-ideas.com

No Pavilhão 1, o calcário Pietra di Vicenza da Grassi Pietre retorna artisticamente a suas origens no mar primordial

Marmomac 2018: Grassi Pietre

Sob o título „A Rocha e a Água“, a empresa apresenta instalação com referência ao mar de 40 milhões de anos atrás

Durante a Marmomac 2018 no pavilhão 1 (Italian Stone Theatre) e no pavilhão 6, C2

Uma das atrações da Marmomac neste ano será a exposição „Architetture per l’acqua“ (Arquitetura para a água) no pavilhão 1, onde empresas italianas mostrarão suas habilidades fora de série no manejo de rochas („Eccellenza lapidea italiana“). Uma das apresentações trata do revestimento experimental de fachadas.

„Torre dos Reflexos“ (Torre dei riflessi) é o título da contribuição da Grassi Pietre. A instalação foi criada em cooperação com o A.c.M.e. Studio, realizada com calcário Pietra di Vicenza na variação Giallo Dorato. Este caracteriza-se por numerosos macrofósseis dentro de uma matriz amarelo ouro. A superfície é especialmente escovada. O calcário Pietra di Vicenza é utilizado em revestimentos internos e externos, pisos e escadas ou em quaisquer ornamentos de construções.

A instalação no pavilhão 1 mostra uma falésia rachada, que parece se erguer da água. Tal como um monumento, lá estará ela com sua altura de 5 m, espelhando rítmica e geometricamente o tanque ao seu redor.

Marmomac 2018: Grassi Pietre

„Pietra di Vicenza encontra aqui outra vez seu elemento primordial“ afirma o arquiteto Moreno Zurlao, da A.c.M.e. Studio, „crostas de conchas, corais e algas corriam em direção às montanhas no fundo do mar há 40 milhões de anos, e agora estão ali como fósseis na superfície da rocha. Na instalação, elas estão refletidas novamente na superfície da água da qual vieram.“

As dimensões da „Torre dei riflessi“ são 3 m por 3 m, com cerca de 5,5 m de altura.

O estande da Grassi Pietra encontra-se no pavilhão 6, C2.

Marmomac 2018: Grassi Pietre/Laboratorio del MarmoAli são mostrados não apenas exemplos de aplicação do Pietra di Vicenza em revestimento de paredes, mas também objetos de design da empresa filiada Laboratorio del Marmo. Nossa foto mostra a mesa e o aparador intitulados „Lands“, de Kazuhiko Tomit. Foi utilizado ali Pietra di Vincenza na variação Bianco sobre estruturas metálicas. As peças são parte da coleção ON:DESIGN:OFF, „que retrata as mais novas tendências da escultura, resultando em peças incríveis que transportam a ancestralidade da rocha à mais pura modernidade“, informa o site da empresa.

Durante a Marmomac 2018 no pavilhão 1 (Italian Stone Theatre) e no pavilhão 6, C2

Grassi Pietre, Giallo Dorato

Laboratorio del Marmo

Exposição „Architetture per l’acqua“, de Vincenzo Pavan: 4 arquitetos famosos trabalham em conjunto com 4 empresas e realizam 4 conceitos para revestimentos de parede. Eles empregaram tecnologia inovadora e assim criaram 4 torres pétreas, ritualisticamente colocadas frente a uma superfície d’água, gerando assim uma interpretação particular da relação entre água e rochas naturais.

O A.c.M.e. studio (Raffaela Braggio, Giovanni Castiglioni, Filippo Legnaghi e Moreno Zurlo) é um escritório de arquitetura localizado em Milão. Ele foi fundado por formandos de diferentes universidades italianas (Veneza, Milão e Roma). Tornou-se conhecido nos últimos 10 anos com projetos de restauro, arquitetura de igrejas ou na agricultura, com foco particular em adegas de vinhos.