Mercados: Go Berlim

(Abril 2013) A Alemanha é no momento o mercado europeu mais interessante para empresas de rochas. A Associação da Construção Civil Alemã espera para esse ano um crescimento de +3,5% no ramo residencial. A razão disso é a boa situação da economia no país: o desemprego está num nível baixo, os empregos são tidos como seguros e os juros para hipotecas se mantêm igualmente baixos.

Após anos de dolorosa recessão, nos quais o governo reformou seu sistema de benefícios sociais, provocando na população uma contenção nos gastos e investimentos, há uma demanda represada e isso também no segmento mais alto de preços. De acordo com a Associação Nacional de Bancos, os cidadãos alemães estão investindo maciçamente em bens não-financeiros e sobretudo em imóveis residenciais.

É interessante notar que em geral a concepção de vida na Alemanha parece ter mudado: cidadãos que no passado eram obsecados por poupança parecem mais relaxados ao lidar com dinheiro, conforme constatou a Gesellschaft für Konsumforschung (GfK, sigla da Associação para Pesquisa de Consumo). „O crescimento salarial de 3,3% (de 2011 para 2012) foi aplicado pelos cidadãos em consumo“, resumiram os jornais.

Boom em Berlim

Particularmente interessante é o caso de Berlim. Por todo lado despontam novamente gruas, do mesmo modo como nos anos que se seguiram à Queda do Muro, em novembro de 1989.

Há uma série de motivos para isso:

* a cidade, com mais de 3,5 milhões de habitantes, tem demanda habitacional represada e o atendimento dessa sofreu uma pausa depois do primeiro boom construtivo, causada pela bolha da internet em 2000. Vários projetos foram suspensos naquele momento;

* Berlim lucra com sua imagem internacionalmente positiva: é vista como moderna e „trendy“. Como diz o corretor de imóveis Jones Lang LaSalle „Muitos varejistas internacionais escolhem Berlim para iniciar operações na Europa ou na Alemanha“. Isso chama outros investidores estrangeiros.

Para listar resumidamente alguns projetos construtivos atuais:

* no bairro Mitte começou a construção de um conjunto residencial superluxuoso, chamado Kronprinzengärten;  

* na Leipziger Platz está sendo construído um grande shopping center;  

* em torno da nova estação central de trens (Hauptbahnhof) surgem novos hotéis e o novo bairro Europacity;  

* no lado ocidental da cidade, em torno no zoológico, foi há pouco terminado um novo hotel Waldorf-Astoria.  

Conquistando o Mercado Berlinense

Para que associações/federações nacionais do setor de rochas e conglomerados de empresas possam apresentar-se com sucesso numa feira de construção em Berlim, a Stone-Ideas.com criou um novo conceito.

Contato: Peter Becker (Mail)