www.stone-ideas.com

Miscelânea

(Fevereiro 2012) Uma nova explicação para as muitas crateras da lua e da terra vem de uma fase de grande instabilidade na rota espacial dos planetas nos primeiros momentos do sistema solar. Posteriormente, planetas grandes de então, como Júpiter, poderiam ter mudado abruptamente seus caminhos pelo espaço, destruindo corpos celestes de menor tamanho. Esses detritos teriam se tornado meteoritos que atingiram a Terra e a lua, ou somaram-se aos discos de poeira cósmica encontráveis depois de Plutão. Essa teoria também parte do pressuposto de que antigamente existiu um quinto planeta de grande tamanho, o qual foi arrastado por um desses pulos de Júpiter para muito além no espaço sideral.

Películas de ardósia superfinas e suas aplicações são mostradas pela empresa Richter-Italia em seu site na internet (1, 2).

Terremotos e suas consequências, como tsunamis, foram responsáveis por prejuízos de 365 bilhões de dólares, matando 20.500 pessoas e deixando mais de um milhão sem teto. A conclusão vem da uma análise do Center for Disaster Management and Risk Reduction Technology (CEDIM, sigla de Centros de Monitoramento e Tecnologia para Redução de Riscos). Os mais seriamente atingidos foram Japão e Nova Zelândia.

Caçadores de tesouros tentam a sorte com mais empenho no solo, em meio à crise grega. Também antigas pedreiras vem sendo escavadas.

„Casa Porfido“ (Casa de Pórfiro) é como se chama um museu na cidade italiana de Albiano. Ele foi aberto em setembro passado e será administrado pela federação de rochas daquela região (italiano 1, 2).

A galeria de rostos presidenciais no Mount Rushmore pode agora ser visitada em tours virtuais. O download, entretanto, infelizmente demora um bocado (1, 2).