Design: 20 Módulos de rocha ligados com 3 cintas de aço

(Novembro 2012) A peça mais fotografada da última Marmomacc foi o círculo „Stone Gate“ (Portal de Pedra), situada no pavilhão 7B. Além de romper as dimensões tradicionais dos elementos ali expostos, ela também era bastante decorativa: 3,80 m de altura, 1,20 m de largura, composta por 20 módulos. Somado à base, de rocha, o conjunto pesava 27,3 t.

O designer foi Raffaello Galiotto, que confiou os cálculos de estática ao engenheiro Alessandro Serafini, sendo a execução da empresa italiana Lithos Design. O material utilizado foi mármore Bardiglio Nuvolato, fornecido pela empresa Staminal Stone.

Não há como fugir ao clichê „O Círculo está completo“, como atesta o próprio material gráfico deste projeto. Com isso se quer frisar o fato de que desde as primeiríssimas construções com rochas, o máximo que se conseguia eram arcos. Exemplos notórios disso são o teto do Panteon em Roma, e inúmeras pontes. Nestas construções, cada peça é arranjada em conjunto com a pedra angular, de modo que o peso se distribua por cada uma delas.

No caso de „Stone Gate“, a rocha foi simplesmente combinada com outro material, moderno. Assim, os 20 elementos individuais são reunidos por 3 faixas metálicas externas de sustentação, que agem como um cinturão.

Formulando em termos físicos: a resistência à pressão da rocha é somada à resistência à tração do metal. Essa combinação abre novas perspectivas.

A diferença para projetos semelhantes, como por exemplo grandes círculos de rocha, que se erguem sobre fontanas, está em que até hoje esses eram geralmente compostos de uma única peça. Isso tornava-os caros demais, além das limitações que uma estrutura assim impõe na hora de ser transportada. Quando essas estruturas são compostas em módulos, como no caso de „Stone Gate“, os projetos tornam-se bem mais viáveis economicamente.

Alguns podem pensar que isso não passa de pirotecnia. Contudo, há bom mercado para esses artefatos: em muitos lugares urbanistas procuram soluções artísticas para adornar conjuntos comerciais, habitacionais ou mistos. Em uma reportagem de 2010 da Feira Stonetech de Shanghai falamos a respeito (veja link abaixo).

A complexidade da instalação do arco, por si só, já impôs desafios que se podem perceber numa observação atenta da estrutura de apoio. Como explicam os realizadores, houve um momento especialmente crítico: quando os últimos módulos foram incorporados ao conjunto, alguns elementos na parte inferior do círculo, sem razão explicável, moveram-se para fora. O trabalho então foi imediatamente suspenso e então as peças fujonas voltaram sozinhas a seus lugares. É bom lembrar que cada peça pesava cerca de 500 kg.

Depois de um tempo foi explicada a causa do fenômeno: a vibração de um motor em movimento se propagou pela construção. „Agora sabemos o caminho das pedras“, riem os engenheiros e designers.

Raffaello Galiotto

Lithos Design

Staminal Stone

Vídeo (1, 2)

A melhor peça do pavilhão criativo (7B) da Marmomacc infelizmente ficou um tanto à sombra: falamos da video-instalação „Homo Faber“, que finalmente oferecia uma boa apresentação de rochas ornamentais. 6 filmes, cada um com cerca de 60 segundos, mostravam a trajetória de rochas nas oficinas de 6 empresas.

Diferente da letargia habitual, era mostrada apenas a fascinação das rochas ornamentais: como ela sai da montanha, como é cortada e como se transforma, sob as mãos de especialistas, num mosaico ou numa figura.

A ideia da instalação foi de Damiano Steccanella, da empresa Pibamarmi. Ela foi realizada pela Visto Architectural Workshop Project. Os filmes curtos foram produzidos pela Studiovisuale. As empresas mostradas foram, em ordem alfabética, Budri, Essemarmi, Il Casone, Lithos Design, Pibamarmi e Serafini Luce.

Temos contudo uma crítica a fazer. Os diretores do filme em um determinado ponto registraram explosões: em uma pedreira foi mostrada obtenção de rocha com dinamite. Mostrando-se esses cortes sendo executados com serra de fio, o setor teria oferecido uma imagem mais moderna.

Vídeo

Até agora, apenas um daqueles filmes foi disponibilizado na internet.

Short montage of the clips

See also:
Stonetech 2010