www.stone-ideas.com

Notas e Agenda

(Novembro 2012) Hollywood colocou no filme „Comer, Rezar e Amar“ com Julia Roberts os tampos de cozinha em granito no cânone do cotidiano norte-americano. Nele a protagonista queixava-se de uma crise existencial (no minuto 10:24), e sua melhor amiga ameniza o problema: „Isso acontece com muitas pessoas. Elas se apaixonam aos 20 anos, casam-se, adquirem tampos de cozinha em granito e cercas de jardim brancas aos 30, e em algum momento se dão conta: Isso não é pra mim“ („This happens to people. They fall in love in their twenties, they get married, they do the granite countertop and the white-picket fence in their thirties, and somewhere they realize: This is not for me“).

Latest news: „Geoparques – Promovendo o Desenvolvimento Sustentável e Geoconservação“ será o tema de várias apresentações no Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro – DRM-RJ no 29 de novembro.  

Caixas de correio em rocha são oferecidas pela empresa belga VASP (em holandês).

A empresa italiana Margraf vai extrair mármore branco no Afeganistão. Um acordo nesse sentido foi assinado há pouco com o grupo Doost, informa o jornal L’Arena, de Verona. A empresa poderá retirar por cinco anos em uma pedreira na província de Herat 4.000 metros cúbicos anuais do mármore Bianco Laser, no valor total de 30 milhões de Euros. O material é tido mundialmente como único em sua dureza, compactação e pequena absorção de água, devendo se adequar à aplicações em exteriores (em italiano).

A obtenção de cal virgem em Morón de la Frontera, na Espanha, foi declarada pela Unesco como patrimônio cultural imaterial da humanidade. Antigamente toda a região vivia dessa queima de calcário em fornos, da qual resulta um novo produto, com o qual se pode fazer argamassa e rebocos. Típicos da região são os fornos circulares.

„Geology in the Public Interest“ é como chama-se um grupo de cientistas e engenheiros, sediado em Seattle, nos EUA, o qual objetiva resolver questões ecológicas com ajuda da geologia.

Verdadeira relíquia de tempos ancestrais é o Pipestone National Monument no estado americano de Minnesota, que nesses dias festeja um jubileu. Lá há muito tempo é extraído o pipestone, cujo nome científico é Catlinite, um material maleável, da categoria dos quartzitos duros. Os índios usavam-no para fazer cachimbos e obtinham com isso um negócio bastante lucrativo.

Rochas com formas esquisitas encontram-se em „Mysterious Stone City“ na província chinesa de Xinjiang.