www.stone-ideas.com

Simplicidade, frugalidade e adequação ao entorno

(Junho 2013) Tudo nesse prédio é de arenito, ou melhor, a maior parte e as mais importantes. As razões para isso são muitas e diferentes. Por um lado, a região onde está a fazenda Bissel, Marwarh, no estado indiano do Rajastão, é infestada de cupins, e por isso foi usada rocha até nos marcos das portas, por exemplo. Além disso, há arenito em profusão nas proximidades das montanhas Arravali.

Por outro lado, trata-se de uma paisagem com clima próximo ao desértico. As grossas paredes de pedra de cantaria com ligamentos de argamassa de cal retêm o frio nas noites geladas e assim também mantém fresca a temperatura interna dos cômodos durante o dia.

E finalmente havia o desejo expresso do proprietário: „Construam-me uma Dharmashala.“ A palavra descreve uma estalagem para peregrinos. „Simplicidade e frugalidade“ eram as linhas-mestras do design que empregamos“, explica o arquiteto Rahul Sen.

Aqui convém contar um pouco sobre o proprietário. Trata-se de William Bissel, dono da Fabindia. Essa empresa produz há 50 anos móveis e têxteis de artesãos e artistas do interior. Sua produção utiliza materiais da própria região.

O know-how daquelas pessoas é fomentado ativamente pela Fabindia através de qualificações constantes. Entre outras iniciativas, estão planejadas para essas atividades a construção mais duas construções.

O escritório de arquitetura de Rahul Sen chama-se Sensen Design, sediado em Nova Délhi. A unidade já construída da fazenda Bissel recebeu um dos prêmios da última edição do All India Stone Architectural Awards (AISAA).

O prédio contém 6 apartamentos e um pátio interno.

Em parte, tratou-se de trabalho 100% manual, como no caso das paredes de pedra de cantaria. Em outras partes foram utilizados blocos de tamanho padronizado, oriundos das pedreiras locais.

Essas foram utilizadas nas colunas e nas vigas. Com gruas, os pedreiros apenas as empilharam na construção. Além do peso, uma cola química as mantém em seus lugares.

Os tetos também foram construídos com placas prefabricadas. Essas têm uma espessura de cerca de 5cm, largura de 28 cm e comprimento de 3,30 m.

As placas também foram utilizadas como degraus para o acesso ao telhado.

Rahul Sen sublinha que ele mesmo aprendeu muitas coisas com os moradores da região. Por exemplo: cada apartamento tem uma varanda, que proporciona sombra em sua entrada.

Além disso, as paredes do pátio interno foram rebocadas com cal branca. Isso reforça a iluminação noturna de castiçais. „Nós somos conservadores e usamos eletricidade com parcimônia“, explica Rahul por e-mail.

Os arenitos utilizados são Kota e Dholpur.

Rahul Sen (Mail)

Fabindia