www.stone-ideas.com

„Touch the Sculpt“ – o calcário como tela do iPad

Lithias: „Touch the Sculpt“. Foto: Lithias

(Outubro 2013) „Poderíamos descrevê-lo como um iPad do século 12, com calcário no lugar da tela”, é como Ghislain Moret de Rocheprise, chefe da empresa francesa Lithias, descreve o projeto „Touch the Sculpt“. Trata-se de uma cópia de uma ovelha de páscoa do século 12 da famosa abadia de Cluny, na Borgonha, realizada por um escultor contemporâneo e ampliada com moderna tecnologia 3D, a qual oferece com luzes e alto-falantes informações sobre o objeto original em rocha.

É corriqueiro obter informações científicas em um museu com o aperto de um botão (por exemplo um áudio-guia), onde uma voz gravada conta o que o artista desejava mostrar com seu trabalho, como ele trabalhou, etc.

Na era dos iPads, também se pode criar a obra de arte através de uma tela ou de um touchscreen: o visitante tecla em determinados lugares onde, por exemplo, as imagens devem ser projetadas na superfície e outras coisas.

O importante nessa tecnologia é que nenhum sensor que registre o que se tecla precisa ser instalado na rocha.

Agora esse conceito foi adotado em um programa de inovação para museus: o governo francês fomenta o desenvolvimento de projetos que apliquem técnicas 3D para apresentações contemporâneas de patrimônios culturais.

Esses modos usuais de apresentação estão sendo revistos pelos museus. Eles querem agora “oferecer aos visitantes a oportunidade de eles explorarem o que quiserem, favorecendo a demanda, ao invés do antigo princípio de oferecer um roteiro”, informa um site.

Ghislain Moret de Rocheprise não quer contudo mergulhar completamente no mundo virtual. Para ele o importante é que o visitante, no caso da ovelha de páscoa de Cluny, toque a rocha e sinta o material. Nessa atual formatação do projeto no museu de arte de Cluny trata-se, portanto, também de responder o quanto o toque direto das pontas dos dedos no calcário é uma experiência sensorial importante.

Da abadia de Cluny na Burgúndia, fundada em 910 depois de Cristo, surgiram naquele tempo inúmeras inovações e impulsos para o pensamento e para a arte. Sua biblioteca, com obras da antiguidade clássica, já foi considerada uma das mais importantes da Europa. Após a Revolução Francesa, a abadia decaiu: seus prédios foram por várias gerações utilizados como pedreira.

Lithias

Site sobre nova concepções de exibição em museus

A ovelha de páscoa de Cluny original. Ela foi anteriormente uma das peças centrais na cúpula da enorme capela monástica. Foto: Hans Hillewaert / Wikimedia Commons(09.10.2013)