www.stone-ideas.com

Concurso na França para jovens arquitetos trabalha rochas ornamentais como „alternativa de alta performance“

„La pierre, l’alternative performante“: Jeanne Moulet, Hugo Badia Berger.

(Outobro 2013) „Rochas ornamentais, a alternativa de alta performance“ („La pierre, l’alternative performante“) foi o título de um concurso para jovens arquitetos organizado pela empresa La Pierre de France e pela revista especializada Pierre Actual. A tarefa era criar um salão de estar ou um pequeno abrigo para uma cidade, onde a descoberta de novas aplicações para o material era um dos quesitos.

„La pierre, l’alternative performante“: Jeanne Moulet, Hugo Badia Berger.

O primeiro prêmio, dotado com 2.000 Euros, foi para Jeanne Moullet e Hugo Badia Berger. Eles criaram algo que não era tanto um abrigo, mas um tipo de sala de concerto, tal como se vê em parques. O princípio construtivo se vale de placas de rochas em tamanhos padronizados, que crescem como degraus de uma escadaria e para isso são presos com juntas metálicas. Elas se desenvolvem em forma de espiral e dessa surgem as fileiras de assentos, acima das quais paira uma cobertura.

Em um arquivo pdf o princípio pode ser melhor entendido.

„La pierre, l’alternative performante“: Nicolas Mohoric.

O segundo prêmio, dotado com 1.000 Euros, foi para Nicolas Mohoric, que tomou a tarefa literalmente: ele concebeu um sistema de módulos flexíveis, nos quais estão dispostas paredes redondas e uma coluna no centro. Telhados de vidro protegem o ambiente dos humores do clima. Bancos em rocha oferecem assentos que se desdobram em círculos e na coluna encontram-se monitores, tomadas e conexões para cabos.

„La pierre, l’alternative performante“: Rosario Hugo Antonio.

O terceiro prêmio não tinha dotação financeira e foi vencido por Rosario Hugo Antonio, com um assento que pode ser produzido de diferentes maneiras.

„La pierre, l’alternative performante“: „A rocha rebela-se“.

Uma menção honrosa foi conferida a um grupo de 4 estudantes, que tomaram os dois elementos do logotipo da La Pierre de France, o cubo e o círculo, e os transformaram em um corpo e um balão. Sob a pedra há espaço para um abrigo ou para exposições. „A rocha rebela-se“ era o título.

No total houve 30 inscrições, sendo 14 de estudantes e 16 de arquitetos que trabalhavam há menos de 5 anos no ramo. O júri foi organizado pela Bookstorming, uma editora dedicada à arquitetura.

Concurso (em frances)

(27.10.2013)